segunda-feira, 9 de junho de 2014

Só no dia em que o Corinthians ganhar a Libertadores...

Só no dia em que o Corinthians ganhar a Libertadores...

Que dia tão improvável, esperado, impossível, indefinido seria este?

As vacas tossiram, os cavalinhos saíram da chuva, os raios caíram no mesmo lugar.

Só no dia em que o Corinthians ganhar a Libertadores.

A Europa decadente, os ianques endividados, a China matriz do capitalismo global e os japoneses contando os dias para receber o Time do Povo.

Só no dia em que o Corinthians ganhar a Libertadores.

Sim, Moisés cruzou o mar vermelho de verdade. Jesus Cristo ressuscitou e voltará para nos salvar, Maomé profetizou e Buda sorriu satisfeito.

Só no dia em que o Corinthians ganhar a Libertadores a cidade acordará rouca. A atmosfera estará perfumada e as pessoas caminharão sorrindo e com um residual de lágrimas de felicidades nos olhos. O grande dia chegou.

Patrões serão tolerantes com o atraso dos funcionários. As aeromoças estarão com a maquiagem borrada. As freiras beberão todo o estoque de água benta que estiver ao alcance e em genuflexão agradecerão ao Pai esta ressaca tão esperada.

Os velhos estarão satisfeitos com a vida.  Nossa curta estadia na terra enfim terá uma explicação existencial. Viveram todos ate aqui para testemunhar o melhor da vida. Tudo isso no dia em que o Corinthians ganhar a Libertadores.

As igrejas terão quitadas todas as suas promessas pelos fieis e São Jorge estará aliviado por atender trinta milhões de pedidos no dia em que o Corinthians ganhar a Libertadores.

Os que partiram para outro plano se farão sentir no coração daqueles que ficaram. Quem sentir saudades de um corinthiano querido que vive agora no céu, saberá de uma forma muito especial que ele está satisfeito, sorrindo lá de cima e definitivamente no paraíso.

As pessoas irão sair pelas ruas contemplando a vida. Não somente um campeonato, mas o destino compartilhado de um povo. A solidariedade de uma gente que sofreu junta, mas jamais desistiu. De formar o filho na escola, de construir a sua casinha, de poder dar um presentinho para o filho no Natal, de oferecer de vez em quando um churrasco  para os amigos, de viajar de avião e também um  dia... Talvez um dia... Ver o Corinthians campeão da Libertadores.

O Corinthians não quer ser o "rei da América".

Num continente com tantos ridículos tiranos, golpes de Estado, quarteladas, invasores, exploradores, colonizadores e imperialistas, parece ser estúpida a pretensão de "conquistar a América" ganhando um campeonato de futebol.

E não é raro ouvir que determinado time está jogando para conquistar a América.

Ora, a luta dos grandes Libertadores não foi justamente para afirmar nossas potencialidades e livrar-nos do jugo dos "conquistadores"?

Só no dia em que o Corinthians ganhar a Libertadores a América Latina sorrirá com este novo campeão. Não mais um conquistador que estampará nos jornais: "A América aos seus pés", mas com um novo tipo de estampa, saudando O TIME DO POVO!

Em 1910 havia uma estranha profecia dizendo que o mundo iria acabar.  Pois bem, o mundo não acabou e neste ano nasceu o Corinthians.

De 2000 não passaríamos. Alguns temiam o apocalipse. Outros até esperavam que isto acontecesse com alguma ansiedade e excitação incontida. O mundo não acabou e o Corinthians foi Campeão do Mundo.

Para 2012 estavam reservadas outras previsões assombrosas. Até mesmo o cinema anunciou com alguma antecedência que algo gigantesco estaria por vir.

Os astecas, os incas, os espíritas, os pastores. Todos os oráculos vasculharam suas planilhas e concluíram que definitivamente 2012 seria "o ano".

Mas o que parecia ser o fim, na verdade é o prenuncio de novos dias. Um tempo em que podemos olhar nos olhos uns dos outros e enxergarmos a vida com um acréscimo de esperança no futuro.

Só no dia que o Corinthians ganhar a Libertadores?

O Campeão dos Campeões chegou lá.

Sejam bem-vindos a uma nova era.

Estamos vivos para testemunhar este dia da fraternidade corinthiana. Das ruas tomadas pelo povão apaixonado pela própria história de superação.  Expressão e afirmação de sua origem e identidade.

O dia em que o Corinthians foi campeão da Libertadores!

Vai Corinthians!

28 comentários:

  1. Texto brilhante, como sempre. Você é o principal filósofo vigente do corinthianismo.

    A HISTÓRIA FOI ESCRITA!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você é muito generoso comigo. Obrigado meu amigo

      Excluir
  2. Agora eu quero ver corintiano falar que libertadores não serve para nada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem sua importância, mas é apenas um título como os paulista os rio-são Paulo brasileirão copa do Brasil e mundial de clubes FIFA! O que bradamos é a dadiva de sermos Corinthianos, esse sim é o maior título do S.C. Corinthians Paulista

      Excluir
    2. Esse campeonato não serve para nada. O Corinthians se serviu dele para aumentar sua mística!

      Excluir
    3. E qual campeonato serve para alguma coisa?

      Excluir
  3. Parabéns pelo texto! Muito bom! E olha que não sou corinthiano!

    ResponderExcluir
  4. Perfeito!!!! Parabéns pelo texto!

    ResponderExcluir
  5. Ótima reflexão amigo Rafael e faço coro com a essência da gênese Corinthianiana que você descreve que trata da identidade (classe, assim o vejo) do próprio povão! Vai Corinthians!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você tem toda razão. Considero estes textos políticos e o Corinthians um oceano de "subversão". Por isso ele incomoda tanto os estabelecidos.

      Excluir
  6. ótimo texto!

    Corinthians minha vida, Corinthians minha história, Corinthians meu amooooor...

    ResponderExcluir
  7. Identidade, força, realidade e e essência, assim são seus textos!!!!

    ResponderExcluir
  8. São Jorge! Lança para que mesmo?

    ResponderExcluir
  9. Com certeza não em seus textos. Parabéns, pelo texto. Agora, São Jorge e Dragões não se dão muito bem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado! São Jorge lança para Sheik e é goooool!!

      Excluir
  10. Rafael ....
    Papai do céu, com certeza deu esse dom ao camarada certo. Não tive como conter a lagrimas depois de uma crônica da vida moderna tão bem escrita!!!!
    Saudações irmão Corinthiano!!!!
    Parabéns!!!!

    ResponderExcluir
  11. Parabéns!! adorei passei no meu face o seu blog para quem não conhece ter o prazer de ler o que vc escreveu do nosso TIMÃO...obrigado viu, vc é nota mil

    ResponderExcluir
  12. e no dia em que o corinthians for campeão mundial, entao?
    eheheheh
    não tem pra ninguém!

    ResponderExcluir
  13. eu gostei muito desse texto, eu moro no rio de janeiro mas sou corinthiano de corpo e alma...cheguei aquo atraves de uma professora muito linda e alegre que você deve conhecer... nao tenho internet em casa e computador mas graças a ela temos internet na escola agora...vim atras do texto vao corinthians q ela leu pra gente sentada na calçada em frente a escola...nesse dia ela fpi chamada atençao pela diretora porque nao podia se misturar assim com a gente hahahahaha o mais legal é q ela nao obedeceu e continuou ali ...muito rebelde .. nao achei o texto mas valeu por que nao tinha lido
    esse.. depois q a professora ju entrou na escola tudo melhoroi pra todo mundo ela é especial amanha eu volto pra ler mais do timão...parabéns

    ResponderExcluir
  14. Puxa... se eu que fui convertida ao Corinthianismo há pouco tempo não contive as lágrimas, imagino os nascidos sob esse signo de amor. Um texto brilhante de um autor brilhante.

    ResponderExcluir