quinta-feira, 16 de maio de 2013

Problema Nenhum. Vida que Segue. Aqui é Corinthians!





Problema nenhum.

Até que o corinthiano já sentia certa nostalgia dos momentos de sofrimento.

A gente meio que se reconhece nestes dias mais sofridos.

Foi desse jeito que a gente aprendeu a amar o Corinthians.

Fomos amamentados nestes dias cinzentos e carregados. Freud explica.

A verdade é que aprendemos muito pouco nos momentos de euforia. Quando tudo é êxtase nos quedamos pouco receptivos às grandes lições.

Não é à toa que a experiência de amar o Corinthians faça com que a gente aprenda um pouco mais sobre a vida. E que da mesma forma, as nossas experiências de vida tão marcantes, indubitavelmente contribuam para que o Corinthians se agigante.

O jogo contra o Boca foi um roubo só. Tudo muito evidente. Escancarado como é o ressentimento contra o sucesso do Corinthians. O roubo foi explícito como é o preconceito social contra os corinthianos. Como são as lamentações pela quebra das velhas hierarquias. Este tempo que parecia congelado na história brasileira em que todo mundo sabia o seu lugar na sociedade. E o Corinthians, certamente, deveria ocupar esse lugar subalterno no establishment do futebol.

Os direitos individuais são ameaçadores para alguns. A justiça social é intragável para quem não consegue conviver com a igualdade. E o Corinthians não pode vencer. O Corinthians não pode ter o seu estádio. O Corinthians não pode pegar um avião e derrotar os europeus. Os corinthianos não poderiam cruzar o mundo. Aquilo foi demais.

Essa Libertadores não poderia mesmo ser ganha pelo Corinthians.

Doze irmãos encarcerados injustamente em condições subumanas. Uma infeliz fatalidade ocorreu no interior da Bolívia. Um jovem perdeu sua vida e isso doeu no peito de cada um de nós, tão acostumados a passar momentos tão felizes nos estádios de futebol. Para dar respostas aos inquisidores, uma dúzia de cidadãos brasileiros foi escolhida aleatoriamente para assumir a bronca. Doze vidas humanas se perdendo num calabouço boliviano para o sorriso sarcástico dos hipócritas. “Ora, que apodreçam na cadeia. São todos corinthianos. Todos pobres, que não sabem se expressar, falam gírias e pertencem às quadrilhas das torcidas organizadas”.

Não! Esse campeonato não era pra gente.

O Corinthians parece ser a causa de todos os males. É insuportável ver o Corinthians vencer.

Isso também não é novidade para nós.

Em 1914, há cem anos, depois que o Corinthians venceu o primeiro campeonato de sua história, terríveis forças da oligarquia paulistana se mobilizaram para excluir o Corinthians da liga.

Desde sempre o Corinthians causou grande incômodo. Precisamos lutar muito para sobreviver e superar todos os obstáculos.

E continuaremos lutando.

Vencendo todas as barreiras.

Podem nos roubar um campeonato.

Podem ofender e caluniar a nossa gente.

Podem dedicar tantas quantas manchetes escandalosas para atacar o nosso Corinthians.

Mas nunca poderão arrancar o amor que pulsa em nossos corações.

Não conseguirão apagar a chama das nossas idéias

Jamais poderão acabar com a paixão que explode dentro do peito de cada corinthiano.

Nunca poderão sufocar o grito na garganta de cada um de nós que para todo sempre irá gritar: “Vai Corinthians!”.

O que faz o Corinthians diferente dos outros clubes não é o nosso esquadrão, tampouco os campeonatos conquistados, mas a definitiva e extraordinária experiência de ser corinthiano. E isso ninguém poderá nunca nos roubar.

31 comentários:

  1. Cara, não conhecia seu blog. Ler isso, foi um bálsamo para minha alma tão atormentada hoje.

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pelo texto Rafael, sem palavaras para defini-lo.
    O Carlos tem razão, esse texto é um alívio para a alma do Corinthiano no dia de hoje.

    Abs

    ResponderExcluir
  3. Parabéns pelo texto Rafael, sem palavras para defini-lo.
    O Carlos Amaral tem razão, ler esse texto foi um alívio para a alma do corinthiano hoje.

    ResponderExcluir
  4. Que lixo de texto, vai estudar seu mané. Torcida assassina. Não sabem reconhecer derrota, primeiro brasileiro a ser derrotado na pré libertadores, cortinthiano falar de arbitragem é o mesmo que ladrão reclamar que foi assaltado. e o gol do Diego Souza o ano passado, jamais seriam campeões se não houvesse tanto roubo, e os 11 jogos cancelados e o pênalti no Tinga. Nem o Sócrates viu as grandes conquistas...time de lixo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. se faltava alguma coisa ao texto, era um exemplo "real"... não falta mais.

      Excluir
    2. Cara, se for para fazer uma crítica, faça uma critica construtiva, o corinthiano que criou o texto, tem muito mais argumentos do que seu pobre texto, que se deixa levar pela inveja do corinthians. Vai corinthians!

      Excluir
    3. Sr. Anônimo,obrigado por mostrar mais uma vez que se importa com o Corinthians. Se é tão ruim,porque veio ler? E que precisa estudar é você. Pesquisa a campanha do Bahia na libertadores de 1964 e veja quem é o primeiro brasileiro eliminado antes da fase de grupos do torneio. E concordo contigo,o Diego Souza foi comprado e errou o gol de proposito pra ficar com uma eterna marca na carreira,além do Cássio ter defendido de forma extremamente ilegal. Faça me o favor. Me mostre um clube que nunca foi beneficiado pela arbitragem,se conseguir encontrar um time grande que se encaixe nisso conversamos,enquanto não,tente você ir estudar um pouco pra depois querer dar lição de moral em alguém.

      Excluir
    4. este ano não vamos jogar com o parrmmmerrrinha que dó ki dó

      Excluir
    5. Prefiro o que o amigo escreveu acima.
      Vai Corinthias para a PQP!!!!

      Excluir
    6. E voce acha que o seu time nunca foi campeao com ajuda de arbitragem.Se liga,mane! Todo time tem um lado negro em sua historia.Ate o Santos com Pele e tudo cansou de ser campeao com ajuda de arbitragem.Imagine os outros.Nao sou eu que estou falando.Quem disse isso foi Almir Albuquerque,ex-jogador do Santos,no livro Eu E O Futebol.Leia e se informe.O Sao Paulo tambem cansou de ser campeao com ajuda de arbitragem.Houve uma epoca em que o governador de SP,Laudo Natel (diretor do Sao Paulo desde sempre)sentava no banco de reservas pra intimidar o juiz.Pense antes de falar besteira.Todo time ganha campeonato com ajuda de arbitros.Ninguem pode falar de ninguem.

      Excluir
    7. Fiz questão de aprovar um comentário tão babaca para ilustrar melhor o anticorinthianismo ressentido. Abraços

      Excluir
    8. Hahaha... brilhante. O Corinthians, aparentemente, também se presta à depuração desses espíritos conflituosos. Veem nosso clube como um repositório de suas mágoas, de suas frustrações, de seus males, onde pensam desbotar suas próprias nódoas. Muito reveladora a subjacente expressão de sofrimento no discurso desses indivíduos. Nas mãos anticorinthianas, o Corinthians é quase um azorrague catártico.

      Excluir
    9. E o covarde nem se identifica!

      Excluir
  5. Parabéns pelo texto Rafael, espetacular!!! Gostei muito.

    http://www.pontotimao.com/

    ResponderExcluir
  6. Parabéns pelo texto,espetacular!!! Gostei muito!!!

    http://www.pontotimao.com

    ResponderExcluir
  7. simplesmente sensacional obg!!!
    cara falar a vdd foi muito longo esse texto pra um anti ler ele inteiro e comentar..
    obrigado meu Timao sei q fostes invejado desde a sua criaçao mesmo quando era apenas pessoas humildes e trabalhadora q formava a diretoria e os jogadores, imagina agora q é o mais rico da américa do sul, acho q tem antis morrendo de infarto com kd gloria e conquista sua!!!
    Porque eu te amo!!!!!
    Vai Corinthians!!!!
    nao para nao para nao para nunca.
    ass: Thiago franco!!

    ResponderExcluir
  8. Ai Corinthians, cachaça do torcedor.
    Vivemos embriagados de amor.
    E isso nos fortifica e causa muita inveja.
    Somos forjados na luta e crescemos na adversidade.
    Mas, isso eles jamais irão entender.
    Eliminados pelo apito. E daí?
    Aqui é Corinthians!
    E ser Corinthians é muito maior do que qualquer torneio, do que qualquer título, do que qualquer campeonato.
    Cabeça erguida, bola pra frente.
    Vai Corinthians!

    ResponderExcluir
  9. Sinto uma identificação muito grande com os seus textos,não só (mas principalmente) os relacionados ao Corinthians. Obrigada

    ResponderExcluir
  10. Sinto uma identificação muito grande com os seus textos,não só (mas principlamente)os relativos ao Corinthians. Obrigada

    ResponderExcluir
  11. É ruim provar do próprio veneno, né ?! Não via vi tanta indignação alvi-negra, em outros momentos quando por várias vezes foram favorecidos por erros de arbitragem.
    Pelo menos uma parte da torcida corinthiana ficou feliz com o resultado, aquela que tinha a camisa dividida Boca/Corinthians, feita quando o time ainda não ganhava nada fora do Brasil.

    ResponderExcluir
  12. Caraca, gostei das palavras, elas me aliviaram bastante, nós somos mais que isso, nós somos CORINTHIANS.

    By: Joalisson Vinicius

    ResponderExcluir
  13. Falou tudo, faço minha suas palavras!!

    ResponderExcluir
  14. Falou tudo!! Faço minha suas palavras!!

    ResponderExcluir