quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

Preconceito, discriminação e injustiça contra os Corinthianos!

Não ha nada que possa justificar a morte do garoto boliviano na última semana.

Ainda que não tenha sido um homicídio doloso o episódio foi verdadeiramente triste e de dano irreparável.

Um dos acontecimentos mais tristes da história do Corinthians e também do futebol brasileiro.

No entanto, é muito importante dizer que nada pode justificar a avalanche de manifestações preconceituosas e verdadeiramente violentas contra os torcedores do Corinthians.

Em nome de um moralismo tardio e de uma indignação interessada, jornais e redes sociais estão recheados de acusações discriminatórias e persecutórias.

Que a indignação e solidariedade ao garoto morto sejam manifestadas e compartilhadas isso é mais do que legítimo.

Que se exija justiça e punição ao culpado pelo ocorrido também está dentro da normalidade.

Mas julgar, condenar e ofender uma coletividade é injusto e descabido.

No post anterior, expressei minha preocupação quanto ao perigoso precedente que se abre ao condenar uma determinada coletividade por conta de crimes eventualmente cometidos por um indivíduo. Hoje trata-se de um clube de futebol (com 30 milhões de pessoas), mas já foi ferramenta de perseguição de diversos povos ao longo da história das sangrentas guerras.

A preocupação central da comunidade corinthiana, neste momento tão delicado, está muito além das punições que a equipe sofreu na Copa Libertadores da América.

Estou certo que os torcedores do Corinthians estão menos preocupados com a eliminação na competição do que com a enxurrada de ofensas e agressões que os mosqueteiros tem sofrido de todos os lados.

Ora, se querem excluir o Corinthians desta Copa, vão em frente!

Mas a injustiça que estamos sofrendo, isso sim tem corroído nossos espíritos.

Virou coisa corriqueira ver manifestações de todos os lados chamando os corinthianos de assassinos e ladrões. Sem nenhum cuidado com a generalização.

Como se o Corinthians tivesse inventado a violência no futebol.

Como se jamais na história do futebol tivesse havido ocorrências semelhantes.

Como se todas as outras torcidas brasileiras fossem pacíficas e altruístas.

Conforme escrevi no primeiro parágrafo deste post, nada pode justificar o ocorrido na Bolívia, nem o comportamento equivalente dos rivais.

Mas se não devemos justificar o ocorrido, podemos ao menos tentar explicar o comportamento odioso e discriminatório, consequência imediata deste incidente.

Enquanto o Corinthians era visto como "coitadinho" do futebol brasileiro, sem patrimônio, desorganizado e vítima das gozações dos adversários, as hierarquias estavam bem definidas.

O futebol ainda nao era um negócio global e as cotas de televisão não se orientava pelo potencial de consumo dos torcedores dos clubes. O patrimônio de um clube era tão somente suas propriedades imobiliárias.

A massa de corinthianos fieis, maloqueiros, favelados e sofredores, embora causasse incômodo no establishiment futebolístico, não representava ameaça ao status quo, pois no imaginário de alguns elitistas, estávamos subjugados.

Mas quando o Corinthians se emancipou, apoiado justamente na afirmação de suas potencialidades e no histórico de "Time do Povo", vencendo fora e dentro das quatro linhas, a reação migrou rapidamente do escárnio para o puro ódio irracional.

O Corinthians incorporou a causa de todos os "males" da nossa sociedade, o que para muitos esta diretamente ligado a insubordinação de quem "deveria" estar "em baixo".

O ódio contra quem não tinha estádio (e agora tem), não tinha Centro de Treinamento (agora tem) ou não tinha Libertadores (agora tem), me perdoem, é muito semelhante ao ódio que existe em alguns setores da sociedade quanto aos que com muito esforço e dedicação conseguem uma melhor condição de vida e podem frequentar as universidades, comprar automóveis ou viajar de avião.

Os que discordam da minha comparação - e isso é plenamente aceitável - me respondam então por que as manifestações contra os corinthianos são tão generalizadas, odiosas e preconceituosas? O que justifica tamanho ódio? Ou seja, por que os corinthianos seriam tão diferentes dos torcedores das outras agremiações?

Quando o Corinthians "começou" a vencer, os estabelecidos automaticamente se sentiram mais derrotados.

Na nossa cultura em que o conceito de hierarquia social está introjetado no imaginário das pessoas, o crescimento de quem vem debaixo, por si só representa uma ameaça de igualdade.

A partir do momento em que os justos protestos contra a morte do garoto boliviano deixam de ser pautados pelo desejo de justiça e responsabilização do verdadeiro culpado, passando a ser manifestação de intolerância e preconceito generalizado contra uma coletividade, isso permite que duvidemos da veracidade de tal indignação.

Parece mais com manifestações de intolerância, preconceito e discriminação.

Da mesma forma, a prisão dos torcedores que foram apanhados aleatoriamente pela policia boliviana está muito mais orientada pelo desejo de vingança do que pelo senso de justiça. E não é isso que se espera da postura de um Estado Nação.

Todos estão muito a vontade para condenar. Os inquisidores estão soltos.

As motivações odiosas estão encobrindo a razão e o senso de justiça das pessoas. Ninguém se coloca no lugar dos cidadãos brasileiros que estão longe de casa pagando por um crime que não cometeram. Doze pessoas estão correndo o risco de perderem suas vidas numa cadeia boliviana.

Caso alguém duvide da efetiva culpa do menor de idade que se apresentou à policia em Guarulhos e considerando que um dos brasileiros detidos seja o verdadeiro culpado pelo disparo (o que é improvável), outros onze estariam sendo condenados injustamente.

Pouca gente está preocupada de verdade, o negócio é apedrejar o Corinthians!

Quer saber, que se dane essa tal Libertadores! O que nós queremos mesmo é justiça!




15 comentários:

  1. Parabéns, ótimo texto. Concordo plenamente com suas colocações.

    ResponderExcluir
  2. Muito bom o texto, Rafael. Aliás, aquele texto sobre o Vai Corinthias e Aqui é Corinthians é seu, não? Meu pai ficou interessado em produzir um video. O que você acha? Abraço

    Thomas

    ResponderExcluir
  3. Rafael, vamos por parte.
    Concordo com vc quando diz o ódio que muitos se expressam.
    Mas penso no ódio de todos contra todos. Vejo são-paulinos, santistas e palmeirenses indo para os extremos contra os corintianos. Assim como vejo corintianos, são-paulinos e santistas nos extremos com os palmeirenses. Assim como vejo todos nos extremos contra meu time (São Paulo).
    Infelizmente o futebol está cada vez mais assim. E entre outras coisas, esta é uma das que destaco para cada vez mais o meu distanciamento deste espetáculo.
    O extremo, a piada de mau gosto, o exagero na tiração de sarro, o "pisoteamento" do adversário (que muitos passam a considerar inimigos), fez com que eu bloqueasse colegas e conhecidos no facebook simplesmente porque não dá!!! Realmente não dá!!!
    Existe um sentimento no futebol de que: meu time ganhou e o seu perdeu; o sentimento de quem torce mais, ou quem torce melhor; o quem ganhou mais com o patrocínio na camisa; o que ganhou mais na televisão; quem deixou de vender tal jogador; quem vendeu jogador e ganhou dinheiro; o que comprou mais jogadores; o que não precisou comprar; que torcida cresceu; quem tem estádio, quem tem piscina; etc etc etc...
    A piada, o escárnio, a ganância, a arrogância, a piada, o mau gosto, enfim, tudo... mas tudo no extremo do ódio. E chamo a atenção: TODOS! TODOS contra TODOS.
    Agora a outra parte. Sou sim a favor da punição ao Corinthians jogar de portões fechados.
    Acho justo! Justo pela relação que existe da infeliz ligação de Clube (todos os clubes) com Torcidas Organizadas (melhor: Desorganizadas).
    Acho justo porque quando o MP faz qualquer reunião com os dirigentes dessas Torcidas (todas ein, todas), eles dizem que infelizmente não podem controlar seus associados. Como assim não podem ter responsabilidades em controlar todos seus associados?
    Se um joga um bomba, arma um briga, mata alguém, este imbecil está com a camisa de uma torcida organizada. E se este alguém não pode ser localizado, ou não é identificável, nada mais justo punir esta Associação desorganizada.
    Mas a desição de portões fechados afeta todos os corintianos, seja de torcida organizada ou não. E é justo que seja assim: já que seria impossível controlar quem entra e quem não entra.
    Penso a punição justa sim. E ela atinge a todos, culpados ou inocentes. Mas ela atinge justamente a alma do time (ainda mais do Corinthians), a torcida; a torcida como ela toda.
    Agora faço uma observação: que esta punição seja ela a primeira (e espero que seja a última) para algum clube sul-americano.
    Que ela seja uma lição a todos da América do Sul desorganizada pela Commebol. Que se puna ações como esta que aconteceu na Bolívia, para suspensões quando assistimos coisas ridículas que estamos cansados de assistir, por exemplo, um jogador vai bater um escanteio e a polícia deve proteger o batedor com escudos.
    Que se puna quando jogarem pedra, saco de mijo, rojão e papel higiênico no gramado.
    Que exista rigor a todos. Seja para o São Paulo, para o Boca, para Universidad Católica, para o Penãrol, para quem for e onde for.
    Que seja uma dura lição para todos, mas que seja uma lição. E se tudo isso não adiantar, ou que este seja um processo seletivo, aí meu amigo, continuo com minha atitude: me afastar cada vez mais deste espetáculo.
    Desculpe ser longo, mas penso ser necessário. Acho que a sensação de injustiça dos corintianos ela é justa. Mas gostaria de me expressar. Um outro ponto de vista, menos apaixonado, tanto pelo futebol, como pelo meu time.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando nos tornamos tão intolerantes, não é Renato?

      Excluir
  4. Parabéns!!! Quem dera a "grande mídia" tivesse uma visão tão ampla coerente como a sua.

    ResponderExcluir
  5. Sobre o preconceito e o generalismo

    Gostaria que o senhor também se expressa-se a respeito das declarações homóficas do então diretor de marketing do seu time luiz paulo rosenberg em festa no parque são jorge, sobre o são paulo.

    E sobre o vídeo colocado nesta mesma festa atacando novamente o são paulo, o que o senhor paladino da coerência tem a dizer?

    A diretoria e a torcida do seu time abraçaram a idéia da República Popular Corintiana, que ao meu ver é simplesmente uma idéia patética de pensar e dizer "Eu sou o escolhido, vc não!" Uma babaquice sem coisa igual. Agora os 12 de Oruro são brasileiros??? Não fazem parte da sua República?

    Gostaria que o senhor respondesse a essas questões.

    Grato.

    ResponderExcluir
  6. AO RESPONDER À PESQUISA DE SATISFAÇÃO DO USUÁRIO DA JUSTIÇA NO BRASIL, É IMPERIOSO TORNAR PÚBLICO O FATO QUE SE SEGUE; PORQUE DEUS SABE QUE ENQUANTO HOUVER INJUSTIÇA ENTRE OS HOMENS, NÃO HAVERÁ PAZ NA TERRA:
    Saiba todo o Povo Desperto que as principais Autoridades que se assenhorearam do poder da justiça, como titulares do STF e do CNJ; já têm conhecimento e se mantém indiferentes ante a consumação de mais uma injustiça: Depois de ter sido julgado favoravelmente em última Instância, pela 3ª. Região do STF; o Processo no. 88026001-2 de 1988, foi sumariamente sepultado vivo pela 14ª. vara da justiça federal em São Paulo/SP, por falta de IRRESIGNAÇÃO; constituindo-se em prova formal e inconteste de um vergonhoso calote judicial, perpetrado por pura maldade contra um jornaleiro-Pai de família, sacrificando particularmente órfãos e viúva que dependerão da respectiva aposentadoria para sobrevivência; corroborando o injusto e desumano estado de direito que tem imperado nessa babilônia brasileira.
    (GL.4.30) – Contudo, que diz a Escritura? (SL.68.5) – Pai dos órfãos e juiz das viúvas é Deus em sua santa morada; (PV.21.23) – porque o Senhor defenderá a causa deles e tirará a vida aos que os despojam:(SL.33.14) Do lugar da sua morada, observa todos os moradores da terra: (1CR.16.14) – Ele é o Senhor nosso Deus; (RM.2.6) – que retribuirá a cada um segundo o seu procedimento: (DT.27.19) – Maldito é aquele que perverter o direito do estrangeiro, do órfão e da viúva: (EC.34.26) – Quem tira a um Homem o pão que ele ganhou com o seu amor, é como o que mata seu o próximo: (HB.10-30) – Ora, nós conhecemos Aquele que disse: A mim pertence a vingança, eu retribuirei; (LS.1.15) – porque a justiça é perpetua e imortal: (JB.15.25) – Isto, porém, é para que se cumpra a palavra escrita na sua lei; (JR.4.27) - pois assim diz o Senhor: (ML.3.5) - Chegar-me-ei a vós outros para juízo; serei testemunha veloz contra os feiticeiros, contra os adúlteros. contra os que juram falsamente, e contra os que defraudam o salário do jornaleiro, e oprimem a viúva e o órfão, e torcem o direito do estrangeiro e não me temem, diz o Senhor dos Exércitos: (PV.28.20) –O Homem fiel será acumulado de bênçãos, mas o que se apressa a enriquecer não passará sem castigo: (JR.16.21) – Portanto, eis que lhes farei conhecer, desta vez lhes farei conhecer a minha força e o meu poder; e saberão que o meu nome é Senhor Arnaldo Ribeiro; (FL.2.6) – pois ele, subsistindo na forma de Deus, não julgou como usurpação ser igual a Deus; (LS.2.23) – porquanto Deus criou o Homem inexterminável, e o fez à imagem da sua semelhança: (JÓ.16.19) – Agora já sabei que a minha testemunha está no céu; e, nas alturas quem advoga a minha causa.

    ResponderExcluir
  7. D I V I N A C O N V O C A Ç Ã O
    (MC.12.10) AINDA NAO LESTES ESTA ESCRITURA:(SL.108.7) DISSE DEUS NA SUA SANTIDADE: (ÊX.4.22) ISRAEL É MEU FILHO, MEU PRIMOGÊNITO; (IS.49.3) POR QUEM HEI DE SER GLORIFICADO: (IS.30.12) PELO QUE ASSIM DIZ O SANTO DE ISRAEL:
    Todo Cristão desperto deve ingressar no ciclo da Nova Ordem Mundial, que chega com a criação do Reino de Deus na terra:
    (MT.25.34) VINDE, BENDITOS DE MEU PAI! ENTRAI NA POSSE DO REINO QUE VOS ESTÁ PREPARADO DESDE A FUNDAÇÃO DO MUNDO: (JB.6.27) TRABALHAI, NÃO PELA COMIDA QUE PERECE, MAS PELA QUE SUBSISTE PARA A VIDA ETERNA, A QUAL O FILHO DO HOMEM VOS DARÁ; PORQUE DEUS, O PAI, O CONFIRMOU COM O SEU AMOR: (IS.42.21) FOI DO AGRADO DO SENHOR, POR AMOR DA SUA PRÓPRIA JUSTIÇA, ENGRANDECER A LEI E FAZE-LA GLORIOSA; (LC.12.32) PORQUE O VOSSO PAI SE AGRADOU EM DAR-VOS O SEU REINO; (1CO.15.45) POIS ASSIM ESTÁ ESCRITO: (JB.14.17) O ESPIRITO DA VERDADE, QUE O MUNDO NÃO PODE RECEBER, PORQUE NAO NO VÊ, NEM O CONHECE; VÓS O CONHECEIS, PORQUE ELE HABITA CONVOSVO E ESTARÁ EM VÓS; (PV.1.4) PARA DAR AOS SIMPLES PRUDÊNCIA, E AOS JOVENS CONHECIMENTO E BOM SISO; (1PE.4.17) PORQUE A OCASIÃO DE COMEÇAR O JUIZO PELA CASA DE DEUS É CHEGADA:
    (RM.13.11) E DIGO ISTO A Vós OUTROS QUE CONHECEIS O TEMPO, QUE JÁ É HORA DE VOS DESPERTARDES DO SONO; (2PE.3.4) PORQUE, DESDE QUE OS PAIS DORMIRAM, TODAS AS COUSAS PERMANECIAM COMO DESDE O PRINCIPIO DA CRIAÇÃO: (HB.5.11) A ESSE RESPEITO TEMOS MUITAS COUSAS QUE DIZER E DIFICIL DE EXPLICAR; PORQUANTO VÓS TENDES TORNADO TARDIOS EM OUVIR: (LC.16.9) E EU VOS RECOMENDO: Estudai e praticai os fundamentos cristãos, que temos divulgado através da internet, em particular no blog de Arnaldo Ribeiro ou Israel e no Site: arnaldoouisrael: (TB.5.21) FAZEI BOA JORNADA, E DEUS SEJA CONVOSCO NO VOSSO CAMINHO, E O SEU ANJO VÁ EM VOSSA COMPANHIA:

    ResponderExcluir
  8. ALERTA AOS LEGISLADORES INFIÉIS QUE COGITAM DE REDUZIR A MAIORIDADE PENAL NO BRASIL, SEM CONHECER OS ENSINAMENTOS CRISTAOS:
    Senhores Deputados e Senadores:
    Eu vos peço: Entendei que a ideia de diminuir a maioridade penal, visando combater o mal, não passa de mais uma insensata, iníqua e nefasta intenção; porque visa combater apenas o EFEITO DELINQUENTE, enquanto que perpetua e fortalece a CAUSA DA DELINQUENCIA, que a cada dia se torna mais potente para causar o descaminho, a perdição, a prisão, o sofrimento e a morte prematura de gente inocente:
    Porventura ignorais que já há crianças de 10 anos delinquindo, praticando toda sorte de ilícitos ou pecados? Nessa escala logo teremos que transferir a criança do berço diretamente para a cadeia, ou não?
    Na verdade, a nossa juventude tem sido arruinada na vida, como vitima ingênua da insanidade espiritual do meio em que se acha relegada: Até quando marginais inconscientes e outros pecadores mentirosos, substituirão professores ajuizados na formação dos jovens? Até quando as escolas cristãs serão substituídas por presídios desumanos, por universidades do crime? Até quando dormireis o sono da inconsciência, deitados em berço esplêndido?
    Rogo-vos, pois: Refleti sobre os ensinamentos de Cristo, que sintetiza toda a questão no seguinte texto bíblico:
    (MT.23.1) Então, falou Jesus às multidões e aos discípulos, dizendo: (1CO.16.24) O meu amor seja convosco em Cristo Jesus: (JZ.7.17) Olhai para mim e fazei como eu fizer, (JB.15.5) porque sem mim nada podeis fazer: (IS.1.17) Aprendei a fazer o bem, atendei a justiça, repreendei ao opressor, defendei o direito do orfão, pleiteai a causa da viúva:

    (PV.22.6) Ensinai a criança o caminho em que deve andar, e, ainda quando for velho, não se desviará dele; (LS.3.11) porque desgraçado é o que rejeita a sabedoria e a instrução, a esperança dele é vã, e os trabalhos sem frutos, e inúteis as suas obras: (JB.8.25) Que é que desde o principio vos tenho dito? (JB.14.6) Eu sou o caminho, a verdade, e a vida: Ninguém vem ao Pai senão por mim: (LV.18.2) Eu sou o Senhor vosso Deus: (LV.19.4) Não vos virareis para os ídolos, nem fareis deuses de fundição; (LS.14.27) porque o culto dos ídolos é a causa e o princípio de todo o mal:
    ((JS.23.14) Eis que, hoje, já sigo pelo caminho de todos os da terra; (AT.13.34) e cumprirei a vosso favor as santas promessas feitas a Davi, (JÓ.36.4) porque comigo está quem é Senhor do assunto:(MC.14.41) Ainda dormis e repousais? (ES.) Despertai-vos, levantai e apressai em interagir conosco; (EF.5.16) remindo o tempo, porque os dias são maus; (DT.4.20) como hoje se vê.

    PAUSA PARA UM ALERTA GERAL:
    Saibam todos os povos que: Caso a mídia nacional e/ou internacional persistam em ignorar a presença de Deus entre nós, em esconder e boicotar a Obra da criação do seu reino na terra; eis que, simplesmente, EU me calarei.
    Arnaldo ou Israel

    ResponderExcluir